Blog

Conheça Alguns Nomes indígenas e seus significados

Agora, conheça alguns nomes indígenas e seus significados. Nós moramos em um dos países em que mais há diversidade étnicas e raciais do mundo. Nosso país possui uma ampla diversificação de identidades culturais, políticas públicas e sociais.

Por isso temos o dever de conhecer todas e respeitar a enorme diversidade do nosso país. Muitas pessoas optam por realizar um Curso Relações Étnico-Raciais, para que assim possam aprimorar ainda mais seu currículo e formação pessoal de sua cultura.

Indígenas no Brasil

No Brasil, os povos indígenas representam um enorme número dos diversos grupos étnicos aqui existentes, e isso desde milênios de anos atrás, antes mesmo da colonização portuguesa aqui.

Segundo pesquisa do IBGE (2010), aqui existem 305 povos indígenas distintos e somam 896.917 pessoas. E quase a metade deles vivem em cidades, e mais da metade nas áreas rurais do país, contudo, eles correspondem em média 0,47% da população total do nosso país.

Dentro todos, existem alguns grupos principais: Boróró, Jê, Guató, Karajá, Krenák, Ofayé, Yatê, e outros diversos.

É importante termos a consciência de que, mais do que qualquer outro lugar do mundo, o Brasil é o lar de muitos povos indígenas isolados. A Amazônia Brasileira é um berço principal, mais de 100 povos vivem isolados lá. E infelizmente a maioria dos povos sofre uma enorme pressão para terem suas terras exploradas.

Eles vivem com uma enorme falta de segurança e consideração. Ainda sofrem diversos ataques e de algumas doenças bem comuns, pois eles ainda não possuem a imunidade para tais, como por exemplo, gripe e sarampo.

Alguns nomes indígenas e seus significados

Não sabemos, mas diversos nomes conhecidos que circulam pelo nosso dia a dia, tem influência direta da cultura indigena. Também é importante valorizarmos a nossa principal raiz cultural e social do Brasil, são nossos primeiros habitantes.

Os índios, por serem muito isolados e em uma era primitiva, de um modo geral tinham como referência para nomear seus bebês, fenômenos da natureza, animais, plantas e etc. Por conta disso, os nomes indígenas na maioria de suas vezes tem os mais lindos significados. Entre eles, estão:

  • Janaina: Por incrível que pareça, mais de 211 mil pessoas são registradas no Brasil com esse nome. Perceba a tamanha influência dos indígenas sobre nós. Existem duas linhas de raciocínio para esse significado e origem. Segundo a cultura afro-brasileira, vem do idioma iorubá, e Janaína é um dos nomes da deusa Iemanjá.

    E diante do sincretismo, sobre crenças e lendas indígenas e afro, temos o conceito de que Janaína fosse uma belíssima cabocla, e que tenha nascido na tribo dos Goitacás, bem no sul do conhecido hoje em dia como estado do Espírito Santo.

    De um modo geral, significa uma protetora do lar, deusa do mar, rainha do mar, mãe de todos os peixes e sereia de todos os rios.

  • Kauane ou Kauany: Também um nome muito comum, na verdade é uma variação do nome masculino, Kauã, Kauã ou Caiuã. Esse nome nas pesquisas simboliza mais de 25 mil pessoas, e tem o significado de Gavião. Na cultura dos índios, esse nome era relacionado aos pássaros da família falcão.

  • Mayara ou Maiara: Outro nome que vemos bastante. Esse tem registro de mais de 75 mil pessoas no Brasil, e também tem duas linhas de raciocínio para seu entendimento. Uma vem do grupo Tupi, e outra do uapixana.

    Diante do significado tupi, esse nome representa a junção de todos os elementos maya, significado “mãe”, e aryia, ou seja, quer dizer “avó por parte de mãe”. Sendo assim, também tem o sentido de bisavó.

    Pelo lado uapixana, que era uma tribo que residia no alto do Rio Branco, no Acre. Mayara simboliza, de fato, um bicho.

  • Kauã, Cauan, Cauê, Kauan: Todos esses nomes e alguns outros parecidos, são derivados uns dos outros. Simbolizam aves de rapina, que trazem símbolos bem brasileiros, como por exemplo: Força, velocidade, inteligência, visão.

    Na cultura indígena, esses nomes e seus derivados simbolizam o gavião, ou qualquer outra ave que seja do mesmo grupo. Sempre que algum gavião ou falcão, sobrevoava sobre a região de suas tribos matinalmente, era um presságio de que algo muito importante estava prestes a acontecer, deixando todos em estado de alerta.

  • Caiuá: Um nome unisex, usado para muitos meninos e meninas. Possui aproximadamente 100 pessoas com esse registro, um número relativamente baixo, porém, não nos é estranho. Representa o ser “que mora no mato”, uma boa opção para aqueles que amam o campo e o mato.

  • Kaique ou Caíque: Tratando-se das duas variações, elas reúnem quase 100 mil pessoas registradas com este nome aqui no Brasil. Na comunidade indígena, esse nome carrega um quesito muito importante para eles, a habilidade. Refere-se a “ave aquática” ou melhor, aquele que paira sobre as águas.

    Todos os nomes e palavras que têm origem tupi, como nesse caso, são herdados de uma das principais culturas de índios existentes no Brasil. Para os índios, ter habilidade é um fator imprescindível, assim como as aves, eles necessitam se deslocar rapidamente de um lugar para o outro, são habilidosos nas artes, na caça, na pesca e em muito do que fazem.

    Kaique e seus derivados, são nomes muito bonitos, também são nomes dados a algumas embarcações na Turquia e é um tipo de papagaio presente nas florestas daqui da América do Sul.

  • Moacir: Dentre todos os nomes indígenas, este é um dos mais tradicionais no Brasil, tem mai de 80 mil pessoas com esse registro e também vem do Tupi. Tem um significado que nos lembra a experiência, significa “dolorido, machucado, magoado”. Vem originalmente da dor, ou que faz doer, que magoa.

Depois de conhecermos alguns nomes indígenas e seus significados, e entendermos um pouco mais sobre a diversidade étnica-racial no Brasil, conseguimos consensuar então a importância e o valor de respeitarmos tudo isso, por isso a extrema importância de realizarmos um Curso Relações Étnico-Raciais, para nossa evolução pessoal como cidadão e compreendermos um pouco sobre a identidade cultural que nos foi herdada.

Gostou do artigo Conheça Alguns Nomes indígenas e seus significados?
Compartilhe agora em sua rede social favorita e mostre para todos os seus amigos!
* Ao compartilhar, você ajuda o artigo "Conheça Alguns Nomes indígenas e seus significados" a ficar mais conhecido e também aparecer mais em todo o site. Você também ajuda MUITO o site a se manter no ar de modo gratuito. E não custa absolutamente nada pra isso. Por isso, compartilhe! ;-)